Notícia

Espaço do Associado

set 06
270 visualizações

Amatra14 participa de ato público sobre Violência no Trabalho

O presidente da Associação dos Magistrados do Trabalho da 14ª Região- Amatra14, Juiz Antonio César Coelho, participou do primeiro ato público sobre Violência no Trabalho, com o tema “enfrentamento e superação”, que foi realizado pela Justiça do Trabalho da 14ª Região, com jurisdição nos Estados de Rondônia e Acre, na última sexta-feira (24/08) no auditório do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Porto Velho. O segundo ato foi realizado na sexta-feira (31/08), às 8h30, no Fórum Trabalhista de Rio Branco, capital do Acre, sendo a Amatra14 representada pela Juíza do Trabalho Renata Palcoski.

A iniciativa faz parte do Programa Trabalho Seguro, coordenado pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) em conjunto com os tribunais regionais do trabalho, e visa discutir as principais violências psicológicas atualmente constatadas no meio laboral, tais como, assédio moral, assédio sexual, discriminação, violência organizacional, prevenção da violência, bullying, estratégias de pacificação no ambiente de trabalho, entre outras.

Ao fazer uso da palavra, o presidente da Amatra14 destacou as mudanças no mundo do trabalho patrocinadas pelas revoluções tecnológicas, onde se possibilitou o acesso a informações e bens de consumo de forma muito mais rápida, mas ponderou que as condições de trabalho têm se mostrado preocupantes, pois caracterizadas por uma elevada pressão por resultados, o que tem promovido adoecimentos psicológicos numa antes registrados na história.

Antonio César destacou também que é preciso ampliar esse debate com toda a sociedade, pois cresce o interesse de diversos setores na redução de direitos sociais, extinção da justiça do trabalho e do Ministério Público do Trabalho, o que representa um retrocesso social inimaginável, com uma previsível elevação da exploração e violência no trabalho, dificultando a construção de um cenário de superação do problema. 

Considerando a tese de que o homem é um animal político (Aristóteles – A Política) e que para ser pleno e feliz necessita conviver socialmente, a Juíza do Trabalho e associada da Amatra14 Renata Palcoski, destacou que emerge a constatação de que as relações no ambiente laboral assim como qualquer outra relação devem ser pautadas em virtudes, no escopo de permitir um ambiente harmônico para todos que nele interagem.

“Esse caminho exige um novo olhar, o qual reconstrua aquele falido imaginário popular que se proliferou na premissa de lutas e embates. O caminho para um ambiente sem violência, portanto, não é luta que pressupõem feridos, mas sim a valorização das virtudes e valores essenciais, tais como a empatia, honestidade, tolerância e humildade, em prol de uma efetiva mudança de paradigma no ambiente laboral”, afirmou a Juíza.

O Gestor Regional do Programa Trabalho Seguro no âmbito do TRT14, o Juiz Auxiliar da Presidência Vitor Leandro Yamada, associado da Amatra14, destacou que este é apenas o primeiro de outros encontros que serão promovidos pela Justiça do Trabalho para debater  temáticas relacionadas a violências sofridas no ambiente de trabalho como: assédio moral, assédio sexual, acidente de trabalho, trabalho e   scravo, trabalho infantil, discriminação (por doença, gênero, idade, raça, deficiência e outros).

 

Além da Amatra14, o evento conta com a participação do Ministério Público do Trabalho de Rondônia e Acre- MPT14, Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Rondônia- OAB/RO, Associação Rondoniense da Advocacia Rondoniense – Aronatra, Ministério do Trabalho e Emprego – MTe; Centro de Referência em Saúde do Trabalhador – CEREST/RO, Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal de Rondônia e Acre – Sindijufe, Federação do Comércio do Estado de Rondônia – FECOMÉRCIO, Sindicato dos Bancários de Rondônia – SEEB/RO, e do Sindicato dos Empregadores no Comércio e Bens de Porto Velho – SINDECOM.

Diana Braga
Assessoria/Amatra14

 

Fonte: Amatra14
set 06
271 visualizações

Amatra14 participa de ato público sobre Violência no Trabalho

O presidente da Amatra14 destacou as mudanças no mundo do trabalho patrocinadas pelas revoluções tecnológicas, onde se possibilitou o acesso a informações e bens de consumo de forma muito mais rápida, mas ponderou que as condições de trabalho têm se mostrado preocupantes

O presidente da Associação dos Magistrados do Trabalho da 14ª Região- Amatra14, Juiz Antonio César Coelho, participou do primeiro ato público sobre Violência no Trabalho, com o tema “enfrentamento e superação”, que foi realizado pela Justiça do Trabalho da 14ª Região, com jurisdição nos Estados de Rondônia e Acre, na última sexta-feira (24/08) no auditório do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Porto Velho. O segundo ato foi realizado na sexta-feira (31/08), às 8h30, no Fórum Trabalhista de Rio Branco, capital do Acre, sendo a Amatra14 representada pela Juíza do Trabalho Renata Palcoski.

A iniciativa faz parte do Programa Trabalho Seguro, coordenado pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) em conjunto com os tribunais regionais do trabalho, e visa discutir as principais violências psicológicas atualmente constatadas no meio laboral, tais como, assédio moral, assédio sexual, discriminação, violência organizacional, prevenção da violência, bullying, estratégias de pacificação no ambiente de trabalho, entre outras.

Ao fazer uso da palavra, o presidente da Amatra14 destacou as mudanças no mundo do trabalho patrocinadas pelas revoluções tecnológicas, onde se possibilitou o acesso a informações e bens de consumo de forma muito mais rápida, mas ponderou que as condições de trabalho têm se mostrado preocupantes, pois caracterizadas por uma elevada pressão por resultados, o que tem promovido adoecimentos psicológicos numa antes registrados na história.

Antonio César destacou também que é preciso ampliar esse debate com toda a sociedade, pois cresce o interesse de diversos setores na redução de direitos sociais, extinção da justiça do trabalho e do Ministério Público do Trabalho, o que representa um retrocesso social inimaginável, com uma previsível elevação da exploração e violência no trabalho, dificultando a construção de um cenário de superação do problema. 

Considerando a tese de que o homem é um animal político (Aristóteles – A Política) e que para ser pleno e feliz necessita conviver socialmente, a Juíza do Trabalho e associada da Amatra14 Renata Palcoski, destacou que emerge a constatação de que as relações no ambiente laboral assim como qualquer outra relação devem ser pautadas em virtudes, no escopo de permitir um ambiente harmônico para todos que nele interagem.

“Esse caminho exige um novo olhar, o qual reconstrua aquele falido imaginário popular que se proliferou na premissa de lutas e embates. O caminho para um ambiente sem violência, portanto, não é luta que pressupõem feridos, mas sim a valorização das virtudes e valores essenciais, tais como a empatia, honestidade, tolerância e humildade, em prol de uma efetiva mudança de paradigma no ambiente laboral”, afirmou a Juíza.

O Gestor Regional do Programa Trabalho Seguro no âmbito do TRT14, o Juiz Auxiliar da Presidência Vitor Leandro Yamada, associado da Amatra14, destacou que este é apenas o primeiro de outros encontros que serão promovidos pela Justiça do Trabalho para debater  temáticas relacionadas a violências sofridas no ambiente de trabalho como: assédio moral, assédio sexual, acidente de trabalho, trabalho e   scravo, trabalho infantil, discriminação (por doença, gênero, idade, raça, deficiência e outros).

 

Além da Amatra14, o evento conta com a participação do Ministério Público do Trabalho de Rondônia e Acre- MPT14, Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Rondônia- OAB/RO, Associação Rondoniense da Advocacia Rondoniense – Aronatra, Ministério do Trabalho e Emprego – MTe; Centro de Referência em Saúde do Trabalhador – CEREST/RO, Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal de Rondônia e Acre – Sindijufe, Federação do Comércio do Estado de Rondônia – FECOMÉRCIO, Sindicato dos Bancários de Rondônia – SEEB/RO, e do Sindicato dos Empregadores no Comércio e Bens de Porto Velho – SINDECOM.

Diana Braga
Assessoria/Amatra14

 

Fonte: Amatra14

Compartilhe

Fique Informado

Cadastre-se e receba informativos periódicos da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 14ª Região – Rondônia e Acre.

© 2018 - Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 14ª Região – Rondônia e Acre - Todos os direitos reservados