Notícia

Espaço do Associado

jun 12
1169 visualizações

AMATRA 14, MPT, TRT14, OAB e entidades sindicais promovem ato público contra Terceirização sem limites

cartaz-contra-terceirizacao (8)As entidades e instituições do mundo do trabalho e movimento sindical de Rondônia promoverão em Porto Velho um Ato Público contra a Terceirização sem limites (Senado: PLC 30/2015 e Câmara – PL4330/2004).

O Ato ocorrerá no dia 22 de junho de 2015, às 14h30min no auditório da ULBRA e, além de representantes das instituições e entidades organizadoras, espera contar, ainda, com a presença de autoridades e políticos comprometidos com os direitos sociais.

O objetivo das instituições participantes é contribuir para um maior esclarecimento da sociedade rondoniense quanto aos malefícios do Projeto de Lei que amplia as possibilidades de contratação de trabalhadores através da terceirização, com isso, atuar em prol dos esforços que estão sendo concentrados em todo o Brasil pela rejeição do Projeto no Senado Federal.

Segundo a Presidente da Amatra 14, ao contrário do que se apregoa na mídia, o malsinado projeto de Lei resultará em precarização das relações de trabalho e representa violação ao princípio da Vedação ao Retrocesso e a sociedade precisa estar consciente para se mobilizar contra esse projeto e contra todos os ataques aos direitos trabalhistas que tem sido empreendidos no Congresso Nacional em nome de um ajuste econômico que visa apenas a retirada de direitos da classe trabalhadora.

Fonte: Amatra 14
jun 12
1170 visualizações

AMATRA 14, MPT, TRT14, OAB e entidades sindicais promovem ato público contra Terceirização sem limites

cartaz-contra-terceirizacao (8)As entidades e instituições do mundo do trabalho e movimento sindical de Rondônia promoverão em Porto Velho um Ato Público contra a Terceirização sem limites (Senado: PLC 30/2015 e Câmara – PL4330/2004).

O Ato ocorrerá no dia 22 de junho de 2015, às 14h30min no auditório da ULBRA e, além de representantes das instituições e entidades organizadoras, espera contar, ainda, com a presença de autoridades e políticos comprometidos com os direitos sociais.

O objetivo das instituições participantes é contribuir para um maior esclarecimento da sociedade rondoniense quanto aos malefícios do Projeto de Lei que amplia as possibilidades de contratação de trabalhadores através da terceirização, com isso, atuar em prol dos esforços que estão sendo concentrados em todo o Brasil pela rejeição do Projeto no Senado Federal.

Segundo a Presidente da Amatra 14, ao contrário do que se apregoa na mídia, o malsinado projeto de Lei resultará em precarização das relações de trabalho e representa violação ao princípio da Vedação ao Retrocesso e a sociedade precisa estar consciente para se mobilizar contra esse projeto e contra todos os ataques aos direitos trabalhistas que tem sido empreendidos no Congresso Nacional em nome de um ajuste econômico que visa apenas a retirada de direitos da classe trabalhadora.

Fonte: Amatra 14

Compartilhe

Fique Informado

Cadastre-se e receba informativos periódicos da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 14ª Região – Rondônia e Acre.

© 2018 - Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 14ª Região – Rondônia e Acre - Todos os direitos reservados